• Engenhotur

Conheça belas estações de trem pelo mundo

Uma das únicas opções de transporte coletivo nos séculos passados, muitos trens apresentam estações que já foram símbolos de poder e riqueza. Hoje, as estações ferroviárias refletem o diversificado espírito das cidades, seja pela restauração de seus traços, pela modernidade de sua arquitetura ou pela multifuncionalidade que ela emprega em seu espaço.


Atocha - Madri, Espanha

Embora exista desde 1851, essa que é uma das maiores estações de trem da Espanha ganhou em 1992 um shopping center e um jardim interno, servindo, portanto, também como estufa para plantas. Sua fachada é um ícone da arquitetura ferroviária do século XIX e teve, na direção da obra, a participação de Alberto Palacio, um colaborador de Torre Eiffel. O ferro utilizado na cobertura foi trazido da Bélgica, enquanto os tijolos vieram de diferentes partes da Espanha. Simplesmente, incrível por dentro e por fora!



World Trade Center Transportation Hub - Nova York, EUA

Resultado do trabalho do famoso arquiteto Santiago Calatrava, a estação nova-iorquina foi concluída em março do ano passado e o destaque do projeto é a estrutura elíptica de aço e vidro de quase 75 mil metros quadrados conhecida como Oculus. As costelas de aço estrutural se estendem para cima, como asas abertas. Mais que uma obra de arte arquitetônica, a estação tem papel imprescindível para os moradores da cidade, já que conecta trens, 11 linhas de metrô, um terminal de ferry e prédios. O World Trade Center Transportation Hub também abriga um shopping, inaugurado em agosto.



Estação de Liege-Guillemins - Liege, Bélgica

A estrutura também desenhada pelo Calatrava é gigante e pode ser vista de longe, devido a sua localização. Concluída em 2009, a estação de Liege-Guillemins substituiu a estrutura de 1958 que ficava no local oferecendo uma vista ultra-moderna e ampliada do local. Sem uma fachada definida, o novo edifício serve para ligar dois bairros que antes ficavam divididos pela linha do trem.



Estação da Luz - São Paulo, Brasil

Localizada na região central da cidade de São Paulo, a estação da Luz foi aberta em março de 1901 e é até hoje um dos prédios mais bonitos e famosos da cidade. Inspirada no Big Ben e na abadia de Westminster, ocupa uma área de mais de 7 mil metros quadrados no bairro do Bom Retiro. Sua construção foi trabalhosa, dado que o edifício foi feito em Glasgow, na Escócia, desmontado e enviado de barco ao Brasil para então ser remontada. Hoje, é parada obrigatória para os residentes paulistanos e os turistas que visitam a cidade.



Kuala Lumpur Railway Station - Kuala Lumpur, Malásia

Inaugurada em 1910, a estação de trem de Kuala Lumpur é monumental. Com pavilhões cobertos por domos, arcos e muitos minaretes, a estação é um edifício histórico com arquitetura mesclada entre os estilos orientais e ocidentais. Desde que uma moderna estação foi inaugurada na cidade, a KL Sentral, em 2001, passou a ser conhecida como velha estação.



St. Pancras - Londres, Inglaterra

Inaugurada em 1868, a famosa estação de St. Pancras passou por uma reforma finalizada em 2007. Os mais de 9.400 m² de vidros foram restaurados e os tijolos da estação de estilo neo-gótico limpos. Ela é o ponto de partida e chegada do Eurostar em Londres, o trem que leva a Paris. Linda por dentro e também por fora, a estação consiste em um vão com 70 m de largura e 30 m de altura e abriga uma estátua em homenagem ao poeta John Betjeman Arms, outra em bronze e de 9 m feita pelo famoso escultor Paul Day, o relógio central (restaurado pelos fabricantes originais) e o conjunto de Anéis Olímpicos de 2012. Sua fachada também foi cenário dos filmes de Harry Potter. Imperdível.



Gostou do que viu por aqui? Acompanhe a gente nas nossas redes sociais Instagram Pinterest Facebook

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo